• EnglishEspañol日本語한국어Português
  • EntrarComeçar agora

Esta tradução de máquina é fornecida para sua comodidade.

Caso haja alguma divergência entre a versão em inglês e a traduzida, a versão em inglês prevalece. Acesse esta página para mais informações.

Criar um problema

Delayed::Job instrumentation

O agente Ruby possui instrumentação integrada para a biblioteca Delayed::Job . Nenhuma instrumentação adicional é necessária.

Visualizando tarefas em segundo plano

Contanto que a gema ou plug-in do agente New Relic Ruby seja carregado antes do início do trabalhador Delayed::Job , todas as tarefas serão monitoradas com o mesmo nível de detalhe que as ações do controlador. Para visualizar as próprias ações:

  1. Vá para

    one.newrelic.com > All capabilities > APM & services > (select an app) > Monitor > Transactions

    .

  2. Na página

    Transactions

    do APM, selecione

    Other transactions

    .

Adicionando atributo personalizado

Se quiser adicionar um atributo personalizado às suas transações Delayed::Job , você pode escrever um plug-in Delayed::Job através de um gancho de ciclo de vida e adicionar esses atributos à transação para cada trabalho executado.

  1. Crie um plug-in com a seguinte estrutura:

    module NewRelicInstrumenter
    class DelayedJobPlugin < Delayed::Plugin
    callbacks do |lifecycle|
    lifecycle.around(:invoke_job) do |job, *args, &block|
    # Forward the call to the next callback in the callback chain
    ::NewRelic::Agent.add_custom_attributes(
    {
    # Any custom attributes go here -- from here you can access info
    # about the job like run_at, created_at, etc
    my_custom_attribute: "my_custom_attribute_value"
    }
    )
    block.call(job, *args)
    end
    end
    end
    end
  2. Adicione o plug-in a Delayed::Job no inicializador do arquivo config/initializers/delayed_job.rb :

    require "new_relic_instrumenter"
    Delayed::Worker.plugins << NewRelicInstrumenter::DelayedJobPlugin

Resolução de problemas

O agente Ruby depende da capacidade de identificar que está sendo executado em Delayed::Job para configurar corretamente a instrumentação. Para fazer isso, ele examina o nome do script (a variável $0 em Ruby) para ver se termina com delayed_job.

Se você tiver renomeado o script usado para iniciar seus trabalhadores delayed_job para outro nome ou se tiver um script personalizado com um nome diferente, será necessário informar explicitamente ao agente que está usando Delayed::Job definindo o NEW_RELIC_DISPATCHER para delayed_job ao iniciar seus trabalhadores Delayed::Job . Por exemplo:

bash
$
NEW_RELIC_DISPATCHER=delayed_job bundle exec ./script/my_custom_script

Se parecer que os jobs não estão sendo monitorados, revise o arquivo newrelic_agent.log gerado quando o trabalhador for inicializado. Deve indicar se o agente detecta Delayed e se comunica com o servidor. Se você não encontrar um log ou se ainda não conseguir determinar por que as tarefas não aparecem, obtenha suporte em support.newrelic.com.

Copyright © 2024 New Relic Inc.

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.